sábado, 9 de dezembro de 2017

ATENÇÃO Partir o comprimido pode mudar efeitos do medicamento

Partir o comprimido pode mudar efeitos do medicamentoComprimidos não podem ser partidos e devem ser tomados com água e em pé, para que o medicamento não fique preso e seja diluído no esôfago. Quando são partidos, os comprimidos podem perder o revestimento protetor, o que compromete a ação terapêutica, principalmente se os princípios ativos forem sensíveis ao ácido do estômago. Já as cápsulas não devem ser abertas, com exceção daquelas que contêm indicação para isso.
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alerta sobre os riscos dessa prática, que pode levar até a uma intoxicação. Somente aqueles comprimidos com vincos que parecem dividir o medicamento podem ser cortados. Quando a dose ingerida é muito baixa, perde-se o efeito do medicamento. Quando é alta, pode causar intoxicação, que tende a ser ainda mais grave para as crianças.

Além disso, alguns medicamentos não são absorvidos adequadamente quando administrados próximo ou durante as refeições. Os alimentos diminuem a absorção dos fármacos e alguns medicamentos podem reduzir a absorção dos nutrientes. Quanto ao armazenamento, o ideal é manter os remédios em ambiente seco, longe do calor, umidade, sem exposição solar, e guardados na própria embalagem.

Redação Bonde

DEZ. 08, 2017 - 09:12 PRESO NESTA SEMANA! Show de Naldo no réveillon do Rio é cancelado após denúncia de agressão

Reprodução/InstagramNa última quarta-feira (6) Naldo Benny foi preso por porte ilegal de arma após ser acusado de agressão pela mulher, Ellen Cardoso, mais conhecida como "Mulher Moranguinho". Por causa disso, a prefeitura do Rio de Janeiro cancelou o show que o cantor faria no réveillon.

"Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo o cantor Naldo Benny, a prefeitura do Rio e a Riotur decidiram cancelar sua apresentação no Réveillon Rio 2018 em Copacabana", disse em nota a secretaria de turismo do Rio, a Riotur.

Ellen registrou um boletim de ocorrência contra Naldo no último sábado (2) alegando que ele a agride desde o início do relacionamento, há sete anos. A Polícia então emitiu um mandado de busca e apreensão na casa do artista e, lá, encontrou uma arma. O cantor foi preso, mas foi solto em seguida após pagar fiança de valor não informado.
Agência Estado

LEVANTAMENTO Com 726 mil presos, Brasil tem terceira maior população carcerária do mundo

Brasil tem 3ª maior população carcerária do mundoO total de pessoas encarceradas no Brasil chegou a 726.712 em junho de 2016. Em dezembro de 2014, era de 622.202. Houve um crescimento de mais de 104 mil pessoas. Cerca de 40% são presos provisórios, ou seja, ainda não possuem condenação judicial. Mais da metade dessa população é de jovens de 18 a 29 anos e 64% são negros.

Os dados são do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) divulgado nesta sexta-feira (8), em Brasília, pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça.

O sistema prisional brasileiro tem 368.049 vagas, segundo dados de junho de 2016, número estabilizado nos últimos anos. "Temos dois presos para cada vaga no sistema prisional", disse o diretor-geral do Depen, Jefferson de Almeida. "Houve um pequeno acréscimo nas unidades prisionais, muito embora não seja suficiente para abrigar a massa carcerária que vem aumentando no Brasil", afirmou


De acordo com o relatório, 89% da população prisional estão em unidades superlotadas. São 78% dos estabelecimentos penais com mais presos que o número de vagas. Comparando-se os dados de dezembro de 2014 com os de junho de 2016, o déficit de vagas passou de 250.318 para 358.663.

A taxa de ocupação nacional é de 197,4%. Já a maior taxa de ocupação é registrada no Amazonas: 484%.

A meta do governo federal era diminuir a população carcerária em 15%. Com a oferta de alternativas penais e monitoramento eletrônico, segundo Almeida, foi possível evitar que 140 mil pessoas ingressassem no sistema prisional.

"E quase todos os estados estão com um trabalho forte junto aos tribunais de Justiça para implementar as audiências de custódia, para que as pessoas não sejam recolhidas como presos provisórios", explicou o diretor do Depen. Além disso, há a previsão da criação de 65 mil novas vagas para o no próximo ano.

O Brasil é o terceiro país com maior número de pessoas presas, atrás de Estados Unidos e China. O quarto país é a Rússia. A taxa de presos para cada 100 mil habitantes subiu para 352,6 indivíduos em junho de 2016. Em 2014, era de 306,22 pessoas presas para cada 100 mil habitantes.

SAÚDE DO CORPO Microfisioterapia: estímulo da autocura pelo toque das mãos

Anderson Coelho/Grupo FolhaEstimular a autocura do corpo e de traumas que atrapalham o bom funcionamento das células e fazer isso somente com o toque das mãos. É assim que a microfisioterapia, uma técnica de terapia manual, tem conquistado cada vez mais adeptos no combate a problemas físicos, como fibromialgia, mau funcionamento de órgãos, e do sistema nervoso como estresse, depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

Com formação na técnica, a fisioterapeuta Claudete Stabile Romaniszen explica que através da microfisioterapia é possível encontrar sinais no corpo que indicam a diminuição da vitalidade, comprometendo a utilização das capacidades internas. "São utilizados mapas corporais específicos que indicam os locais onde se corrige, estimula e aponta no próprio corpo o caminho, para que ele possa reencontrar e voltar a utilizar estas forças".

A técnica criada na França já ganhou espaço no Brasil. Uma de suas bases mais importantes é a imunologia, que afirma que para combater e resolver uma doença é preciso conhecer suas causas. "As origens de uma disfunção podem estar em acidentes, traumas físicos, emocionais, infecções, toxinas, problemas ambientais ou relacionais, que podem ter acontecido em qualquer época da vida e não serem conscientes. Daí vem a necessidade de se entrar na história, muitas vezes acessando a data da causa primeira do sintoma, e mostrando ao organismo o caminho para o processo de reparação".

Um dos bons diferenciais da microfisioterapia é o curto prazo do tratamento. "Ela pode apresentar resultados em apenas uma sessão", destaca Claudete. Podendo ser aplicada desde o nascimento em bebês até adultos de qualquer idade, a microfisioterapia pode também atuar como elemento de prevenção, buscando o equilíbrio e a saúde.

Serviço
Rua Martin Luther King, 697 - Lago Parque
(43) 3322-4473 - Londrina-PR

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Rapaz de 24 anos é detido depois de assediar mulher em ônibus de Araucária

Rapaz foi detido em Araucária depois de assediar mulher em ônibus, de acordo com a Guarda Municipal (Foto: Guarda Municipal de Araucária/Divulgação)Um rapaz de 24 anos foi detido depois de assediar uma mulher em um ônibus de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, de acordo com a Guarda Municipal. O caso foi registrado por volta das 18h30 de terça-feira (5), quando a corporação foi acionada para atender uma ocorrência no Terminal Vila Angélica.
Uma jovem de 25 contou que foi apertada pelo suspeito no corredor do ônibus que, segundo ela, não estava lotado. Conforme a mulher, ele estava com as partes íntimas à mostra.
Dois passageiros que presenciaram a situação seguraram o homem até o ônibus chegar ao terminal. Após ser detido, o suspeito foi levado para a Delegacia de Araucária e está à disposição da Justiça.
O rapaz confessou já ter feito o mesmo outras duas vezes, mas não ter sido flagrado nessas ocasiões, de acordo com a Guarda Municipal.
Casos em Curitiba

Justiça condena quatro acusados de participar da morte de procurador de Chopinzinho

Julgamento começou por volta das 9h de segunda (4) e encerrou por volta das 21h de terça (5)  (Foto: Reprodução/RPC)Quatro acusados de envolvimento na morte do procurador municipal de Chopinzinho, no sudoeste do Paraná, Algacir Teixeira de Lima, foram condenados por volta das 21h desta terça-feira (5).
O júri popular começou por volta das 9h de segunda-feira (4) e foi realizado em Guarapuava, na região central do estado. A época, em 2015, Algacir Lima tinha 51 anos e foi morto a tiros na frente das filhas quando chegava em casa.
Segundo o Ministério Público Estadual (MP-PR), o ex-prefeito Leomar Bolzani encomendou o assassinato por conta de denúncias de irregularidades na prefeitura feitas pelo procurador. As investigações apontam ainda que Bolzani combinou o pagamento de R$ 6,5 mil pela morte de Lima. A defesa dele nega qualquer envolvimento.
Veja quem são os condenados e as respectivas penas:
Darci Lopes de Aquino, que confessou ter atirado contra o procurador, condenado a 16 anos e seis meses em regime fechado;
Giovane Baldissera, ex- assessor acusado de ter encomendado o crime juntamente com o ex-prefeito Leomar Bolzani, condenado a 20 anos em regime fechado;
João Rosa do Nascimento, acusado de ajudar na fuga, condenado a 15 anos em regime fechado;
Jeferson Rosa do Nascimento, acusado de ajudar na fuga, condenado a 10 anos de prisão em regime semiaberto;
O grupo já estava preso em regime fechado desde à época do crime. O G1 tenta contato com os advogados deles.
O ex-prefeito Leomar Bolzani, também deve ir a júri popular, mas ainda não há data definida. Atualmente ele cumpre prisão em regime domiciliar.
Casal condenado
Em julho de 2016, o casal acusado de envolvimento no assassinato foi considerado culpado e condenado a 15 anos de prisão por homicídio qualificado. O júri entendeu que a vítima não teve chance de se defender. Elvi Aparecida Haag Ferreira, de 42 anos, e o marido dela, Nilton Ferreira, de 44 anos, contrataram Darci Lopes de Aquino para matar o procurador.

PRODUÇÃO DE ENERGIA Itaipu vai fornecer 6,876 mil MW para distribuidoras do País em 2018

Rubens Fraulini / Itaipu BinacionalA usina de Itaipu poderá fornecer 6,876 mil megawatts médios para as distribuidoras de energia do País em 2018. Para o Paraguai, a usina vai produzir 896,1 MW médios. A usina de Itaipu fornece energia para as concessionárias que atuam nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Os volumes refletem os novos valores de garantia física da usina, que foi reduzida em 430 MW médios, para um total de 7,772 mil MW médios neste ano. Até o ano passado, a garantia física de Itaipu era de 8,2 mil MW médios. A garantia física representa o volume de energia que a usina pode entregar para o sistema elétrico.

A revisão dos valores de garantia física das usinas foi adiada por três anos. Os produtores eram contra esse recálculo, pois isso reduziria o volume de energia que eles poderiam comercializar. A revisão foi aplicada a todas as hidrelétricas do País e considerou a produção efetiva dessas usinas nos últimos anos.

A garantia física de Itaipu ainda pode passar por novo recálculo em razão da consulta pública realizada pelo Ministério de Minas e Energia (MME), que deve fazer ajustes no Mecanismo de Realocação de Energia (MRE).

O MRE funciona como um clube das hidrelétricas, por meio do qual as usinas compensam a produção menor de uma com a geração maior de outra. O balanço final resulta no risco hidrológico, que representa o déficit de produção do conjunto de hidrelétricas do País.